logo

Questões? Ligue para nós em:

+55 47 3013-3333

Depoimentos

caret-down caret-up caret-left caret-right

Desde que iniciamos utilizar Rootella BR no tratamento de sementes, começamos a observar, no decorrer do ciclo das culturas, plantas mais saudáveis, raízes maiores e maior porte em relação à testemunha. É difícil você perceber uma diferença contínua e imediata nas plantas com outros produtos. Na soja obtivemos incremento de nove sacos por hectare (13,2%) e no trigo, incremento de 9,3 sacos por hectare (21%). Recomendo a utilização do inoculante."

Trigo: Plantio em 10/06/2018; Colheita em 13/11/2018; Adubação - 05-20-20.

Soja: Plantio em 03/12/2018; Colheita em 10/04/2019; Adubação 09-16-14.

Gilberto Matanna (Sertão – RS) Produtor de soja e trigo

"Utilizamos RootellaBr em área comercial. Notamos que a micorriza presente no produto ajudou a planta na questão do enraizamento, proporcionando maior volume de raízes nas plantas. Observamos, além disso, maior engalhamento, maior número de vagens por planta e maior peso de grãos. Sem dúvida, é uma tecnologia que nos ajudou a aumentar o potencial produtivo da lavoura!"

Alexandre Frederico Marchese (Formoso-MG) Produtor de soja, feijão e milho

Resolvi fazer uma aplicação do Rootella BR após visita da equipe técnica da empresa apresentando o que são micorrizas. As sementes foram tratadas por eles e plantei cinco dias após o tratamento, em mesmas condições de solo. Notei boa diferença entre plantas duas semanas após a emergência e acompanhei as áreas durante todo o ciclo. Realizei a colheita separadamente e tive uma produtividade de 60,70 sacos e nas áreas tratadas com micorrizas conseguimos atingir 70,41 (16%) sacos por hectare. Estou convencido da eficiência do produto e vou aplicar em 100 hectares no trigo de 2019.

André Antoniolli (Coxilha – RS)

Sou engenheira agrônoma, produtora e filha de produtor. Produzimos café, batata, soja, milho e feijão. Por entender de micorrizas, resolvi aplicar o Rootella BR em um pivô de feijão na minha lavoura, que possuem as mesmas condições hídricas, climáticas e com alto teor de fósforo no solo. Fizemos uma avaliação juntamente com a equipe da NovaTero em nossa lavoura 35 dias antes da colheita e notamos maior número de vagens e melhor formação de grãos em relação à testemunha. O resultado com 46,7 sacos por hectare contra 43,9 na testemunha é ótimo, pois demonstra que o feijão teve melhor aporte de nutrientes em função das micorrizas (2,8 sacas a mais).

Rafaela Beretens (Formiga - MG)

Recebi uma visita do representante da NovaTero apresentando o inoculante Rootella BR e os resultados registrados em termos de produtividade. Aplicamos na minha lavoura de feijão lado a lado com a testemunha. Fiquei impressionado com as diferenças entre plantas tratadas com micorrizas 20 dias após do plantio. A média de produtividade da área da testemunha ficou em 2.503,20 quilos contra 3.052,80 quilos por hectare (mais nove sacas, ou 21,95%). O produto dá resultado e indicarei aos produtores de feijão.

Valtencir Werlang (Selbach – RS) Produtor de feijão

Sou adepto da utilização de novas tecnologias nas minhas lavouras. A cada safra, busco o que tem de novo no mercado que possa garantir a qualidade, segurança e proteção, tanto para as culturas como para o solo. Tive conhecimento do Rootella BR e apliquei na safra 2018/2019. No milho, registramos produtividade de 14 sacos a mais por hectare. Em abril de 2019, colhemos soja e o resultado foi 71,04 sacos para a testemunha, contra 78,40 (10,4%) sacos por hectare nas áreas tratadas com micorrizas.

Paulo Grando (Passo Fundo – RS) Produtor de milho e soja